Mitos da Engenharia de Software Segundo Roger Pressman

Mitos de Gerenciamento

  • Já temos um livro que está cheio de padrões e procedimento para desenvolver software; ele não supre meu pessoal com tudo o que eles precisam saber?

Não bata ter um livro com padrões. O principal recurso para se desenvolver software são pessoas e eles precisam além de conhecer os padrões precisam saber utilizá-los no momento certo.

  • Se o cronograma atrasar, poderemos acrescentar mais programadores e ficarmos em dia.

Programadores possuem tempo para se adaptar e harmonizar com uma nova equipe. Não pode-se pensar que ele entrará no projeto em alta produtividade a ponto de salvar o atraso.

  • Se eu decidir terceirizar o projeto de software, posso simplesmente relaxar e deixar essa empresa realizá-lo.

O desenvolvimento de software é uma atividade que requer um acompanhamento contínuo para garantia da qualidade, já que não é algo palpável ou concreto.

Mitos dos Cliente

  • Uma definição geral dos objetiso é suficiente para começar a escrever os programas – podemos preencher detalhes posteriormente.

“Dá uma olhadinha aqui e pode já sair fazendo.” Os cliente nem sempre tem muito prazer em ensinar o funcionamento de seu trabalho e isso pode acontecer. Porém, bom entendimento os requisitos garante bom resultado final.

  • Os requisitos de software mudam continuamente, mas as mudanças podem ser facilmente assimiladas, pois o software é flexivel.

Algumas demandas não são facilmente adicionadas ao produto, muitas das vezes requerem um grande depreendimento de esforços.

Mitos do Profissionais da Área de Software

  • Uma vez feito um programa e colocado em uso, nosso trabalho está terminado.

Maior parte do clico de vida de um software é sua manutenção.

  • Até que o programa entre em funcionamento, não há maneira de avaliar sua qualidade.

Há testes feitos ao longo da construção do software e não apenas no final.

  • O único produto passível de entrega é o programa em funcionamento.

Protótipos podem ser utilizados durante iterações

  • A engenharia de software nos fará criar documentação volumosa e desnecessária,  que inevitavelmente iré nos retardar.

Engenharia de Software não é sinônimo de documentação. A documentação é consequência de um processo de explicitação da solução. A medida que se “desenha” a solução em um documento, novas ideias surgem, erros são encontrados e qualidade é em parte garantida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s